quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia...

Quanto do nosso "precioso" tempo nós dedicamos a Deus? Dentro deste tempo dedicado à Ele, será que o louvor ao Seu nome é maior do que o "Eu preciso, eu quero, eu, eu, eu..."?
Deus é O Deus digno de ser adorado e exaltado, fomos criados para o louvor da Sua glória e diante das nossas necessidades nos esquecemos disso e só sabemos pedir, quando na verdade Ele já conhece cada uma delas e só quer ouvir- nos dizer: Obrigado Pai, eu Te amo!


quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Entregue a Deus

O Salmo 37. 5-8 nos ensina a entregarmos a nossa vida ao Senhor, confiarmos nEle, e Ele realizará os nossos desejos em Seu tempo. Para realizarmos os sonhos que Deus colocou em nosso coração, precisamos exercitar nossa fé, obedecer e seguir a visão e o sonho que recebemos. As promessas de Deus só podem se cumprir para nós se obedecermos à "lei do uso" descrita na parábola dos três empregados (Mateus 25. 14-30). Jesus ensinou aos seus discípulos que deveriam usar e exercitar os talentos que Deus tinha dado a eles ou acabariam perdendo-os.


sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Te agradeço!

Como diz o louvor: "Não tenho palavras pra agradecer Tua bondade, dia após dia me cercas com fidelidade..."

Quero agradecer ao meu bom Deus por tudo o que Ele É e faz na minha vida. Em especial agradeço por mais um período conquistado na faculdade, agora só falta mais um, creio que da mesma forma que o Senhor me ajudou até aqui, continuará cuidando de mim e me dando vitória.

Te amo meu Deus!

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

domingo, 5 de dezembro de 2010

Há um lugar

Música maravilhosa na voz de Heloísa Rosa, fala profundamente ao meu coração e sem dúvida falará ao seu também. Medite!



quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Avivamento gera paixão pelo Senhor

"A quem tenho nos céus senão a ti? E na terra, nada mais desejo além de estar junto a ti." 
Salmos 73.25

O avivamento gera necessariamente paixão pelo Senhor, um amor profundo. Adorador é alguém avivado que ama a Deus e, por isso, o adora (Salmos 81.18). Sua adoração é fruto desse amor, assim como nos ensina Davi em Salmos 18. 1-2: "Eu te amo, ó Senhor, minha força. O Senhor é a minha rocha, a minha fortaleza e o meu libertador; o meu Deus é o meu rochedo, em quem me refúgio. Ele é o meu escudo e o poder que me salva, a minha torre alta".
Davi começa com esta frase: "Eu te amo!". Todo adorador é um apaixonado, alguém que ama profundamente ao Senhor, tem sede de Deus na alma.
Adoração gera em nós esse anelo, essa busca pelo Senhor. É uma sede quase que incontrolável: quanto mais bebemos de Deus, mais o queremos, quanto mais Ele se faz presente em nossas, mais precisamos dele.
Precisamos ser controlados por Ele, ser absorvidos pela sua vida, que é santa, pura, maravilhosa, poderosa, renovada e inspiradora.

Adhemar de Campos

Pesquisa